Quando a falta de acessibilidade pode atrapalhar até quem não achava precisar dela

Sou do tipo de consumidor que gosta de olhar todas as opções existentes antes de concluir uma compra. Em sites de comércio eletrônico uso constantemente a tecla ctrl, que no Firefox se apertada enquanto clica em um link este abrirá em uma nova aba. Depois de algum tempo navegando pelo site, meu navegador está repleto de abas, cada uma com um produto mais interessante que a outra, e o difícil é escolher quais se tornarão realmente uma compra.

Há algum tempo atrás, pesquisei por um fogão para minha casa. Um dos sites que tentei foi o Ponto Frio, que me decepcionou bastante. O site utiliza javascript em seus links, já de início inviabilizando a utilização do site por qualquer pessoa que esteja acessando-o por um dispositivo que não disponha dessa tecnologia. Mas eu tinha javascript, estava no firefox, e queria achar o fogão. Mas não consegui. Utilizar o site ao meu agrado não foi possível e acabei desistindo. Por quê? Como disse, gosto de abrir os links em abas separadas e o uso de javascript da forma como o site fez me impedia. Tentei imaginar explicações para aquilo e o motivo que levaria o desenvolvedor a fazer tal barbaridade e não consegui.

Defendo a acessibilidade pelo próprio respeito ao ser humano, mas que se não for por isso, que seja pelo retorno que isso pode trazer a um site de comércio eletrônico. Além de mim e de todos os acessos por pessoas que não tem javascript, o ponto frio perde também a chance de qualquer site fazer uma referência a um produto dele, incluindo aí o Google. Como assim?! Eles estão podendo tanto assim que abrem mão da divulgação feita pelo Google? Isso mesmo. Mas prefiro acreditar na hipótese de que eles não tenham conhecimento sobre isso e que o produtor do site seja um… Deixa pra lá. Eles estão precisando de uma campanha de SEO e de um pouco de conscientização.

Só para terminar, ninguém espera que o site seja perfeitamente exibido no Firefox e possível a um deficiente visual acessá-lo né?

Abraços!

2 ideias sobre “Quando a falta de acessibilidade pode atrapalhar até quem não achava precisar dela

  1. Bernardo

    Além do Ponto Frio isso acontesse também no site da saraiva depois que vc efetua uma busca, quando esta não chega direto no livro desejado. Se vc tem dúvida em que classificação ele se encontra, tera que acessar de link em link ao inves de botar tuto para carregar de uma vez nas abas do firefox.

    Abrs, e parabéns pelo Artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *